LIVROS: PAIXÃO DE LÍDERES EMPRESARIAIS

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - USP 
Vitruvius.com.br

Que dicas os presidentes dão para 2020?

O que o visionário Elon Musk, fundador da Tesla e da SpaceX (primeira empresa no mundo a vender voo comercial à Lua) diz quando lhe perguntam de onde ele tira a inspiração para inovar? Ele responde: “Eu li nos livros!” Faz sentido: as obras do escritor ficcionista Isaac Asimov (1920-1992), por exemplo, contém previsões precisas e impressionantes.

No final de dezembro de 2019, interessante matéria jornalística (1) investigou o que tem inspirado o mundo empresarial no Brasil: entrevistaram presidentes de empresas e bancos. Obras clássicas da literatura universal, obras mais técnicas, ficções contemporâneas e ensaios históricos aparecem na lista. Aqui suas 8 dicas de leitura para o novo ano de 2020.

1 Presidente do BNP Paribas no Brasil, Sandrine Ferdane
VIDAS PARALELAS – Plutarco, Belknap Press

A obra reúne biografias de 46 homens considerados ilustres na Grécia Antiga e no Império Romano.

2 Presidente da Microsoft no Brasil, Tania Cosentino
TOOLS AND WEAPONS: THE PROMISSE AND THE PERIL OF THE DIGITAL AGE (Ferramentas e armas: as promessas e os perigos da era digital)
Brad Smith e Carol Ann Browne, Penguin Press

Brad Smith (co-autor), presidente global e chief legal officer da Microsoft, defende que a ética e a responsabilidade guiem o desenvolvimento e uso das novas tecnologias.

3 Presidente do Itaú Unibanco, Candido Bracher
A BARATA – Ian McEwan, Companhia das Letras

Tributo ao clássico de Franz Kafka, “Metamorfose”: sátira bem humorada em que o personagem Jim Sams (um inseto) de repente transforma-se num líder britânico com missão semelhante ao brexit.

4 Presidente do Conselho do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco
ESCRAVIDÃO (Vol. 1) – Laurentino Gomes, Globo Livros

Primeiro livro de uma trilogia: trata da história da escravidão no Brasil, desde o primeiro leilão de cativos em Portugal até a morte de Zumbi dos Palmares.

5 Diretor-Executivo da Randon, Daniel Randon,
EQUIPES BRILHANTES: COMO CRIAR GRUPOS FORTES E MOTIVADOS
Daniel Coyle, Sextante

A obra compara grupos de alta performance, com exemplos de grandes empresas. Destaca a importância do propósito e da liderança para que grupos heterogêneos funcionem como um mente única.

6 Presidente da Mercedes-Benz no Brasil, Philipp Schiemer
21 LIÇÕES PARA O SÉCULO 21 -Yuval Noah Harari, Companhia das Letras

A obra inspira o repensar sobre o estilo de vida. O historiador israelense analisa temas atuais como a epidemia das fakenews, a ameaça dos conflitos nucleares e os impactos e desafios tecnológicos.

7 Presidente do Santander no Brasil, Sergio Rial
A REVOLTA DE ATLAS – Ayn Rand, ed. Arqueiro

Romance publicado há mais de 50 anos. Já foi apontado como o livro mais influente nos EUA depois da Bíblia, pela Biblioteca do Congresso Americano. Inspira-se no titã Atlas da mitologia grega e transformou-se num ícone pró-liberalismo.

8 Diretor-Executivo da Localiza, Eugenio Mattar
QS: INTELIGÊNCIA ESPIRITUAL – Danah Zohar e Ian Marshall, ed. Viva Livros

Uma física e um psiquiatra exploram avanços da neurociência. Além do intelecto e da emoção há uma terceira inteligência, a “espiritual”. Ela lida com problemas de sentido da vida e valores que impactam a vida pessoal e organizacional.

Livros inspiram mentes e corações. Livros marcam profundamente e transformam radicalmente a trajetória de grandes líderes de empreendimentos notáveis. Livros emocionam: podem tornar-se uma paixão, um caso de amor.

O fundador da marca mais valiosa do mundo, empresa de U$ 234 bilhões, número um há 7 anos (1), apaixonou-se por um livro aos 19 anos. E o relia novamente todos os anos, até sua morte, aos 56: foi o único livro encontrado salvo em seu ipad. E foi o presente surpresa que ele deixou numa caixa de madeira para ser entregue a cada um dos convidados da cerimônia póstuma que aconteceu em Stanford, com a presença de CEOs da Dell, Google e de outros gigantes. “Autobiografia de um Iogue, de Yogananda” foi o brinde: a obra que mais marcou o gênio da Apple, Steve Jobs. Marc Benioff, CEO da SalesForce disse: “Eu sabia que o presente era algo com muita intenção. Algo que Steve queria deixar como última mensagem, para que refletíssemos sobre”.

José Mindlin (1914-2010), formou a maior coleção de livros do Brasil: quase 40.000 títulos em sua casa. Ele foi fundador e presidente da empresa Metal Leve (hoje Mahle) e vice-presidente da FIESP – Federação das Indústrias de S. Paulo, incentivador da inovação no país. Em sua obra “No Mundo dos Livros” (3), Mindlin afirma que “a leitura dá um sentido espiritual à vida, abre horizontes, dá uma visão melhor e mais ampla do mundo, estimula a imaginação e o sonho, e cria possibilidades antes impensadas de reivindicar mudanças em nossa sociedade.”

(1) https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/12/presidentes-de-empresas-e-bancos-dao-suas-dicas-de-leitura-para-o-novo-ano.shtml

(2) https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/10/17/apple-google-e-amazon-sao-as-marcas-mais-valiosas-do-planeta-diz-estudo.htm

(3) No Mundo dos Livros, José Mindlin (2009), Editora Agir

AUTOR: Antonio Carlos A. Telles – Consultor em Desenvolvimento de Pessoas, Estratégia e Ética & Compliance (WCCA e LRN)

COLABORAÇÃO: Guilherme Carvalho-Gerente de Negócios e Relacionamento da WCCA

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Você também pode se interessar por:

Uncategorized

GENTIL PRIMEIRO, CERTO DEPOIS!

“Be kind first, be right later” (1) : bem interessante essa reflexão, no início de 2020, do vice-presidente da SAS América Latina , Marvio Portela, líder que também atuou na Xerox, Oracle e IBM. “Seja gentil primeiro, esteja certo depois”: o tema é muito oportuno nesses tempos sombrios. Ameaças de novas guerras entre nações, guerrinhas

Leia mais >
Uncategorized

FINS & PRINCÍPIOS (1)

   “No meu princípio está o meu fim.  No meu fim está o meu princípio.” –    T.S.Eliot, 1888-1965 (2)                                                                      Um propósito fundamental da filosofia e do programa Kaizen Zero da WCCA é ajudar as pessoas, nas relações no trabalho e na esfera social, a elevar sua maturidade na administração de conflitos, fruto da ambivalência

Leia mais >

COMO SER UM LÍDER E NÃO APENAS UM CHEFE?

Solucionar a equação de “como ser um líder e não apenas um chefe” é tema prioritário para os negócios. Pesquisas do nível de comprometimento /engajamento mostrou que o comportamento do gestor tem um peso de 70% de influência no engajamento da equipes. Nos EUA o impacto do baixo engajamento de gestores e trabalhadores tem um

Leia mais >