A IMPORTÂNCIA DA QUALIFICAÇÃO DOS GESTORES DE BASE. COACHING PARA CHÃO DE FÁBRICA.

Quem são os gestores de base das empresas?  São aqueles gestores que atuam na linha de frente da produção gerindo os funcionários de base e sendo responsáveis pela entrega final do produto ou mesmo do serviço. É ele um dos principais gestores da organização. É ele que orquestra a entrega de fato. É ele que leva a imagem da organização para as pessoas que trabalham nas bases.

O que entendemos como preparo desses gestores de base? Entendemos que o principal é o treinamento desses gestores em ferramentas de comunicação, liderança e coaching que ele possa desenvolver no dia-a-dia no chão de fábrica.

Mas como anda a preocupação da organização com esses gestores?

Na maioria das industrias esses gestores são operários que saem das máquinas e são promovidos a gestores. Na maioria das vezes são promovidos por sua competência técnica e não recebem o preparo necessário para liderar uma força de trabalho geralmente numericamente grande e diversa.

E é aqui que começam a acontecer os problemas. Quando colocamos um gestor despreparado para gerir a base de uma produção, estamos expondo a organização a diversos problemas como assédio moral, gestão autocrática por parte desses gestores, desmotivação dos funcionários de base, problemas sindicais, comprometimento da imagem da empresa, entre muitos outros.

O que entendemos como preparo desses gestores de base? Entendemos que o principal é o treinamento desses gestores em ferramentas de comunicação, liderança e coaching que ele possa desenvolver no dia-a-dia no chão de fábrica. Temos constatado na prática que treinamentos genéricos de liderança, destinados a média gerência não ajudam os gestores de base no dia-a-dia. O que eles precisam é de ferramentas de relacionamento para o seu desenvolvimento como gestor de base e não discussões incansáveis sobre o papel da liderança na empresa e sociedade. Os problemas que este gestor enfrenta no seu dia-a-dia com sua equipe são, em sua grande maioria, no campo dos relacionamentos. Ele precisa ser treinado e desenvolvido para melhorar seu relacionamento com as pessoas com foco nas entregas diárias.

Uma organização com seus gestores de base educados e treinados para uma liderança de base tem a sua gestão mais fluida. Esses gestores, por consequência, pelos seus exemplos, acabam por educar os funcionários de base. E o mais importante, a empresa constrói, com eles, um ambiente mais comprometido com sua cultura.

Colaboração: Sônia Cerqueira – Consultora WCCA | Antônio Carlos Telles – Consultor WCCA | Guilherme Carvalho – Gerente de Relacionamento e Negócios WCCA.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Você também pode se interessar por:

GESTOR, CONHECE-TE A TI MESMO!

Assédio, Reputação e Autoconhecimento na Sociedade Digital Onde está a causa-raiz do assédio moral nas organizações? Na qualidade e grau de maturidade das relações interpessoais entre a gerência (topo, média e da base) e os colaboradores? Em grande medida, sim. É preciso mensurar, e agir para prevenir e corrigir. Esse é um desafio cada vez

Leia mais >

GESTÃO DE BASE: NÃO HÁ RESULTADO SEM QUALIFICAÇÃO.

A realidade prática das indústrias ocorre no chão de fábrica. É aqui que se concentra o maior número de colaboradores e o foco de melhoria da empresa. Os gestores de base são aquelas pessoas que na indústria atuam nesta realidade do chão de fábrica, muitas vezes, gerenciando equipes grandes, com 50, 100, 200 colaboradores. É

Leia mais >